11 de fev de 2010

Os extremistas da moda (Morte de McQueen)

O suicídio é uma solução permanente para um problema temporário.

Quando se está deprimido, têm-se uma visão das coisas muito reduzida pela perspectiva do momento presente. Uma semana ou um mês depois, tudo pode parecer completamente diferente...no entanto o estilista britânico Alexander McQueen,não pensou assim,no momento atual em que o mundo vive verdadeiras misérias materias e morais,o fashion designer decidiu que era hora de acabar o espetáculo da vida. Foi encontrado morto, enforcado, nesta quinta-feira, em seu luxuoso apartamento em Londres. A agência de notícias BBC confirma que ele se suicidou. O motivo? Especula-se a morte da mãe, que aconteceu há uma semana, teria sido o estopim.Alexander McQueen, um dos mais famosos estilistas britânicos, foi encontrado morto, enforcado, nesta quinta-feira, em seu luxuoso apartamento em Londres. A agência de notícias BBC confirma que ele se suicidou. O motivo? Especula-se a morte da mãe, que aconteceu há uma semana, teria sido o estopim.

 Mestre da alfaiataria, foi responsável por desenhar ternos para o Príncipe Charles, além de ter sido eleito quatro vezes, entre 1996 e 2003, o melhor estilista britânico do ano. Em 1996, substituiu John Galliano como diretor criativo da Givenchy.

Bom infelizmente nos deparamos com tragédias e sucessos  por todo o nosso percurso na vida...é uma pena ,a moda perde um dos maiores icones do seculo XXI. Paz  a Mc Queen onde ele estiver!

Nenhum comentário: